« Voltar
Beneficência Portuguesa
Hospitalar

Beneficência Portuguesa

Projeto de videomonitoramento serviu como ponto de virada para a operação da área hospitalar.

Maior polo privado de saúde da América Latina em número de leitos, a Beneficência Portuguesa de São Paulo (BP) investiu em um novo projeto de videomonitoramento para melhorar sua segurança e que, ao mesmo tempo, fosse um ponto de virada para a operação da área hospitalar. Para isso, contou com a Teleinfo, especializada em soluções de infraestrutura física para ambientes de tecnologia da informação e telecomunicações de alta complexidade.

O projeto foi elaborado com base na tecnologia da Axis para a cobertura completa de todas as áreas do hospital, incluindo a parte externa. Foram utilizadas 119 câmeras de rede M3025-VE, M3004-V, P1405-LE e P5515-E. Para cada ambiente, foi considerada a resolução de cada equipamento, funcionalidade dia/noite, LED IR integrado, WDR de captura forense e tecnologia Lightfinder para a melhor visualização das cenas, independentemente do cenário. As imagens são gerenciadas pelo software da Digifort e contam com o algoritmo para compressão Zipstream, que reduz a largura de banda.

“A Axis e a Teleinfo têm como conceito a inovação constante, especificamente no segmento de security, ou seja, oferecer a pronta resposta aos incidentes ocorridos. A integração permite uma sinergia entre os diversos sistemas de segurança, o que reduz perdas e melhora a experiência dos nossos clientes”, comenta Adriano Yuzo Mizuguti, gerente Corporativo de Segurança Patrimonial da BP.

O sistema de videomonitoramento propicia, além da efetiva vigilância patrimonial, aplicações em qualquer área do negócio, o que contribui no desenvolvimento dos processos. O protocolo de integração OVINF utilizado permite a integração com outros sistemas, como controle de acesso. Isso facilita a criação de regras em que as catracas de acesso e portas possam ser monitoradas de maneira mais inteligente pelas câmeras de rede. “Por exemplo, ao perceber um cliente saindo de um ambiente controlado, as imagens são sobrepostas no monitoramento, o que permite mais segurança para toda a equipe médica”, exemplifica Wellington de Almeida Pimentel Junior, Gerente de Infraestrutura de TI do hospital.

 

Melhorias

 

Reforço na excelência e aperfeiçoamento nas operações cotidianas

 

Além da segurança, o sistema de videomonitoramento contribuiu para reforçar a excelência da Beneficência Portuguesa no atendimento aos clientes e outras operações cotidianas – como auditorias internas, controle de qualidade, melhoria no fluxo de filas no atendimento das recepções, e monitoramento do nível de atendimento nas áreas de entrega e recebimento de veículos.

As imagens impactaram positivamente inclusive o atendimento médico-hospitalar, permitindo com que equipes de apoio pudessem agir com ainda mais rapidez em emergências. Além disso, o design discreto dos equipamentos agregou a tecnologia ao dia a dia do hospital sem tirar a sensação de privacidade de pacientes e acompanhantes.

 

Sobre o projeto

 

119 câmeras de rede M3025-VE, M3004-V, P1405-LE e P5515-E, com funcionalidades como:
– Lightfinder, para a visualização de imagens coloridas em ambientes com pouca luz, como 0,18 lux ou inferior;
– WDR com captura forense, que aplica um conjunto de algoritmos avançados que reduzem níveis de ruídos e exibem cada detalhe na cena da melhor maneira possível;
– Algoritmo para compressão Zipstream, que reduz a largura de banda.
Software Digifort.


Outros Cases